Dicas

Dicas para o uso do câmbio de dupla embreagem

Dentro do mundo automotivo, podemos afirmar que o câmbio de dupla embreagem é um dos assuntos que mais divide opiniões. Seja qual for a linha do câmbio de dupla embreagem em questão – Powershift, DSG ou 7G-Tronic -, é necessário tomar as devidas precauções para que esse item funcione corretamente e por tempo suficiente, principalmente no que se diz respeito à sua transmissão automatizada.

Nós, do Blog da Ituran, preparamos algumas dicas de uso do câmbio de dupla embreagem visando preservar a transmissão automatizada do seu carro. Confira agora a lista com o que não se deve fazer com um câmbio de dupla embreagem.

5 dicas de uso do câmbio de dupla embreagem

Não coloque o câmbio em neutro quando o parar carro

Ao dirigir carros manuais, é necessário que se pise na embreagem para que a transmissão do motor se desacople. Em câmbios de dupla embreagem, esse processo é feito por conta própria preservando o estado dos discos de embreagem.

Não tire o pé do freio quando estiver parado ladeiras

Não tire o pé do freio quando estiver parado em ladeiras!

Comparando com um veículo de câmbio manual, o resultado é equivalente ao de “segurar” o carro no mesmo lugar só com o acelerador e embreagem. Em carros de dupla embreagem, o sistema entrará em ação para segurar o carro, o que pode superaquece-lo e desgastá-lo prematuramente.

Evite andar em baixa velocidade por muito tempo

Andar devagar durante um longo período, peso em excesso ou subir ladeiras devagar são atos que ajudam a desgastar a embreagem. Isso acontece porque, para manter a velocidade baixa, a embreagem não consegue se acoplar corretamente ao volante do motor. O ideal é que o veículo esteja em velocidade suficiente para acoplar a embreagem por completo.

Atenção às trocas de marcha em aceleração e frenagem

Aumentar a marcha enquanto se freia ou reduzir a marcha enquanto se acelera prejudica as transmissões de dupla embreagem. Isso é uma reação instintiva de quem está acostumado a fazer trocas manuais. O que acontece é que o câmbio identifica a ação como uma iminente parada e a retomada costuma demorar mais que o normal.

Não segure o freio e o acelerador por muito tempo

Essa é uma outra forma bem comum de acentuar o desgaste superaquecendo o conjunto como um todo. Existem modelos que, para impedir esse tipo de ação, quando o freio é acionado, a embreagem é deixada em posição de espera e limita o giro do motor.