Artigo

Câmbio automático ou manual: qual a melhor opção?

Está buscando um novo carro e se deparou com a dúvida entre escolher um carro com câmbio automático ou manual? Estão você está no lugar certo! Continue lendo e veja todas as nossas dicas.

Se você está com essa pergunta pairando sua cabeça, deve ser porque está se preparando para comprar um automóvel? Caso sim seja a resposta, parabéns! É muito entusiasmante quando vemos pessoas realizando seus sonhos. Porém, você já decidiu se vai comprar um carro automático ou manual?

No momento de escolher entre comprar um automóvel novo ou seminovo, aparecem diversas dúvidas, como por exemplo:

  • Qual modelo adquirir?
  • Qual a cor?
  • Qual o dia do rodízio?

E muitas vezes, existe a dificuldade de escolher entre um carro automático ou com câmbio manual, afinal, hoje em dia, existem diversas opções.

Pois é, a escolha do tipo de câmbio é uma decisão muito importante. Não só pelo conforto do momento de dirigir ou na revisão do carro, mas também porque o câmbio pode influenciar até mesmo quanto você gasta de combustível.

Por isso, é muito importante saber diferenciar os sistemas e entender como eles funcionam. Somente assim você pode decidir entre comprar um carro automático ou manual.

Se você não entende a diferença entre os tipos de câmbio ou não sabe como escolher entre eles, não precisa se preocupar. Nós montamos um guia completo com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Portanto, pegue um café, se ajeite na poltrona e siga a leitura para entender de uma vez por todas se é melhor comprar um carro automático ou manual!

Quais os prós e contras do carro manual?

O câmbio manual é conhecido por oferecer desafios maiores aos motoristas, que além de se preocupar com o trânsito, a velocidade do veiculo e o espaço ocupado, precisa realizar a troca das marchas e saber quando reduzi-las e subi-las. No automático, essa preocupação não existe.

Porém, é necessário reconhecer as vantagens que a caixa manual proporciona.

Vantagens do câmbio manual

Valor mais baixo

Podemos considerar a primeira vantagem do câmbio manual, o valor. A médio do modelo automático custa entre R$ 3 mil e R$ 5 mil a mais do que o manual, o que depende da tecnologia do fabricante.

Oferece uma menor sobrecarga do sistema de freios.

O câmbio manual oferece uma menor sobrecarga no sistema de freios, já que os carros manuais costumam utilizar mais do freio-motor.

Economia na manutenção e no combustível

Outro benefício muito conhecido é a economia no reparo e também no consumo de combustível. As caixas manuais são mais leves e desperdiçam menos energia do motor para que o veiculo esteja em movimento.

Interação com o carro

A interação entre o motorista e o carro também pode ser considerado uma vantagem. Já que, está uma qualidade apreciada por muitos condutores, e principalmente por aqueles que gostam bastante de dirigir.

Desvantagens do câmbio manual

Já o lado negativo do câmbio manual é o fato de ter que mudar as marchas manualmente, o que em um trânsito intenso em cidades maiores pode ser muito mais cansativo. Pois, após tantas pisadas na embreagem, progressões ou reduções, o condutor do veiculo pode se sentir desgastado dependendo do tempo da viagem.

Pensando em comprar ou trocar de carro? Então entenda sobre as opções de câmbios.

Quais os prós e contras do carro automático?

Os carros automáticos já são conhecidos no mercado, porém, por ter a capacidade de reduzir os custos e com todo o avanço tecnológico nos carros mais recentes, ele vem se tornando uma opção cada vez mais desejada.

Antigamente, ele tinha a fama de ser mais lentos e darem mais problemas, porém, hoje já são conhecidos por sua alta tecnologia e é a opção até dos motoristas mais conservadores. O tipo de câmbio também faz parte das considerações que são necessárias para definir o que você quer ou não num veiculo, por isso é essencial entender as vantagens e desvantagens de cada tipo.

Vantagens do câmbio automático

Mais conforto e facilidade no trânsito

Essa é conhecida como uma das principais vantagens do câmbio automático: dirigir em um trânsito muito pesado, ou cheio de desaceleração e retomadas, o câmbio automático traz muito mais conforto, pois é possível descansar o pé esquerdo e a mão direita, além é claro de possuir a vantagem de focar melhor nos acontecimentos do trânsito ao redor.

Manutenção mais espaçada

A manutenção dos sistemas que possuem câmbio automático costumam ser muito mais simples e com um prazo maior, principalmente nos que são com uma caixa epicíclica com conversor de torque. Com certeza isso traz menos dor de cabeça para o motorista. É importante lembrar que isso não significa que você não deva dar atenção ao seu veiculos com câmbio automatico. Pelo contrário. Ele exige uma troca periódica dos filtros esporádica do óleo, que necessita ser realizada nos momentos certos.

Desvantagens do câmbio automático

Custo elevado da manutenção

O câmbio automático necessita de uma mão de obra especializada, o que encarece os custos da manutenção.

É necessário estar atento a troca do óleo, pois caso o período ideal passe, é preciso tomar muito mais cuidado para realizar a substituição, pois trocar o óleo de um câmbio danificado pode significar o travamento total da caixa. E caso todo o conjunto de problema, o valor da substituição ou do reparo pode sair bem mais caro.

Conhecimento característico

Caso você escolha um câmbio automático é necessário ter um conhecimento específico de acordo com o modelo do carro. Isso não necessariamente é uma desvantagem, mas é um ponto que precisa de atenção. Pois, se na transmissão manual basta mudar as marchas, desengatar num semáforo e depois retornar para a primeiro, o câmbio automático, por sua vez, precisa de posições especificar. Veja abaixo.

Entenda as funções do câmbio automático:

  • P (“Park”): deve ser ativado para estacionar e desligar o veículo, juntamente com o freio de estacionamento.
  • D (“Drive”): indica câmbio engrenado e deve ser usado durante todo o percurso, incluindo nas paradas do semáforos.
  • N (“Neutro”, equivalente ao ponto-morto): sua função é para manobrar o veículo desligado durante uma manutenção.
  • L (“Low”) ou as opções “2” e “3”: não está presente em todos, mas, garantem que o carro não passará da segunda ou terceira marchas, a fim de otimizar o freio-motor em descidas.
  • M (“Manual”): quando disponível, ativa as trocas sequenciais manuais, que podem ser feitas na própria alavanca.
  • S (“Sport”): caso tenha, ele altera o mapeamento do câmbio, sua função é aumentar os giros do motor com o objetivo de oferecer uma condução mais ágil ou esportiva.

Conheça os tipos de câmbio automático

Automatizado de embreagem

Esse já está fora do mercado de carros novos, mas ainda pode ser encontrado nos carros usados, ele traz a sigla i-motion (Volkswagem), Dualogic ou GSR (Fiat), Easytronic (Chevrolet) ou Easy’R (Renault).

A caixa de câmbio é basicamente igual a do manual, pois possuem as engrenagens únicas, mas ela possui um sistema elétrico, promovendo as trocas automáticas no lugar do pedal de embreagem e da manopla de câmbio.

Automatizado de dupla embreagem

Muito parecido com o anterior, porém, tem uma embreagem a mais dedicada às marchas pares, enquanto as outras trabalham nas ímpares. A solução melhora muito a velocidade das trocas, afim de eliminar os trancos.

Esse é um tipo de câmbio conhecido por ter uma caixa seca, possuindo uma manutenção mais barata e mais durável. Porém, costuma ter sua matutenção muito mais cara caso tenha problemas.

Automático com conversos de torque

Esse é o tipo mais comum, formado por engrenagens epicíclicas que formam as relações de marcha e um conversor de torque no lugar da embreagem. As marchas podem variar de quatro a dez e geralmente tem uma vida útil longa, acima de 200 mil km.

Automático CVT (continuamente variável)

Na prática, o CVT é um tipo de sistema automático, pois ele não utiliza pedal de embreagem e nem exige que o motorista fique trocando de marcha na alavanca do câmbio. Ele tende a elevar muito os giros do motor em arrancadas e seu ruído constante causa estranheza, o que levou muitos fabricantes a trabalharem com sistemas de simulação de marchas.

E ai, entre o câmbio manual ou automático: qual você escolhe?

Como é possível perceber, escolher entre um câmbio manual ou automático é muito particular, de acordo com as preferências, necessidades e estimativa de gastos de cada um. 

Seja qual for a sua escolha, saiba que a Ituran tem o serviço ideal para trazer mais segurança para o seu veiculo.

Gostou do conteúdo?

Conheça mais sobre a Ituran! Acompanhe a gente através do Instagramfacebook e Youtube.