Artigo

7 cuidados com a moto que você deve ter

Quem tem uma moto sabe o quanto é difícil deixar de pilotar ela por aí. Pode ser para o trabalho ou nos passeios de fim de semana. Atualmente, sabemos que a moto é um veículo bem popular no Brasil, seja pelas condições de compra e preço, já que são bem mais acessíveis do que comprar um carro, pela facilidade que ela traz para o dia a dia, pelos diversos estilos de moto ou pela praticidade de conseguir evitar os grandes congestionamentos, principalmente nas cidades maiores.

Foi realizado um levantando pela unidade de veículos, imóveis e serviços do Mercado Livre, a intenção de compra unidade de veículos, imóveis e serviços do Mercado Livre. A pesquisa foi entre os meses de março a novembro de 2020 e foi realizada com base no comportamento dos usuários da plataforma.

Ou seja, já é possível perceber que a moto está se tornando mais uma dentre as várias paixões do brasileiro. Porém, não adianta apenas adquirir e sair pilotando por aí sem os cuidado necessários, só para dizer que tem. É preciso cuidar por ela, se você de fato a quer por mais tempo com você – em vez de sempre ter que leva-la no mecânico.

A moto é uma alegria única, do momento em que você dá a partida e se deixa levar por ela pela estrada a fora, até chegar ao seu destino. É um sentimento de liberdade que não tem comparação, então manter alguns cuidados com a moto é necessário para prolongar a sua vida útil e a satisfação que ela te proporciona.

Pensando nisso, separamos 7 cuidados necessários para manter a sua moto sempre em dia por muito mais tempo!

1.Troque o óleo da sua moto regularmente

Os motores a combustão possuem varias peças que se movimentam muito próximas umas das outras, gerando um grande atrito entre elas. Para que esse atrito diminua, a lubrificação correta é fundamental. Pois sem ela, o movimento de fricção entre os componentes gera tanto calor que é capaz de fundir o motor, ocasionando um prejuízo enorme.

Ou seja, é necessário seguir as recomendações do fabricante, tanto em relação ao período entre as trocas, quanto ao tipo de lubrificante a ser utilizado. Para saber mais detalhes, consulte o manual do proprietário.

2. Calibrados os pneus da sua moto

É importante lembrar que assim como nos carros, eles precisam estar frios. Por isso se não tiver um compressor em casa, considere ir a um posto próximo a residência, para certificar que não haja erro na pressão indicada.

Caso a moto esteja parada há muito tempo os pneus podem ficar ressecados. E fique atento aos fluidos, pois eles também tem prazo de validade. As rachaduras podem indicar que os pneus não estão mais na condição adequada de uso e devem ser trocados.

3. Limpe sua moto com frequência

É importante saber que a deterioração da a pintura e dos componentes de plástico e de borracha, tornando-os esbranquiçados e principalemente quebradiços. Os acessórios metálicos, como o chassi, podem acabar ficando enferrujando se não forem limpos com uma frequência adequada.

Sendo assim, mantenha a limpeza da sua motocicleta sempre em dia, livre de poeira, terra, insetos mortos e excrementos de animais.

4. Cheque os cabos regularmente

Uma motocicleta precisa de 3 tipos de cabos para funcionar corretamente: o cabo do acelerador, o da embreagem e os dos freios. Repare que esse componente está presente nos principais sistemas da moto. Portanto, é preciso ter muito cuidado com eles.

São 3 os cabos que precisam da sua atenção: os cabos da embreagem, dos freios e do acelerador.

Como esse componente faz parte dos principais sistemas da moto, é muito importante ficar de olho para o caso de surgir qualquer deterioração neles. É a sua vida e a do(a) garupa que estão em jogo!

5. Lubrifique as correntes

Ou seja, ela é a ligação entre a caixa de câmbio e as rodas. Portanto, conservar as correntes garante a eficiência total da moto.

Acima de tudo, realizar a manutenção, de forma periódica, é um cuidado muito importante. Para isso, basta limpar e lubrificar o item, de preferência toda semana.

A corrente é o principal elo entre as rodas e a caixa de câmbio. A manutenção periódica da corrente é uma forma de garantir a qualidade e a conservação desta, da moto e a segurança para o usuário.

E em casa, como posso fazer para mantê-la sempre limpa? Basta retirar qualquer sujeira que permaneça nela e lubrificá-la. Um produto bastante recomendado para isso é o famoso HD-40. Faça isso toda semana!

6. Examine a moto diariamente

Com ela, você garante que estará em segurança ao pilotar. Além disso, é muito fácil de fazer. Basta ver se a moto tem algum vazamento, barulho estranho ou dificuldade no acionamento de freio, embreagem e acelerador. 

Veja também se os pneus não estão murchos e se todas as lâmpadas acendem.

Também é recomendado que sempre antes de utilizar a moto, todos os dias, se faça uma inspeção no veículo, para verificar se está tudo bem com todos os componentes. Assim, a menor alteração já serve de alerta para um futuro problema ou uma manutenção urgente que, se for adiada, pode implicar em prejuízos ou em um acidente.

7. Fique atento as datas das revisões

É bem comum este item ser sempre adiado, principalmente quando a moto está “rodando” bem, sem apresentar nenhum problema.

É justamente aí que é necessário levá-la à autorizada mais próxima para dar aquele check up merecido, verificar se todos os componentes estão mesmo em dia e claro, anotar aquelas dicas imprescindíveis para aumentar o tempo de vida útil.

Isso ajuda a reduzir os riscos com qualquer peça que eventualmente precise ser trocada.

Atente-se as revisões.

Muitas vezes falta tempo, em outras circunstâncias, disposição. Mas é fato que se você realmente quer ter uma moto por muito mais tempo, curti-la sem ter que levar sempre ao mecânico, quanto antes seguir essas recomendações, mais tempo terá para passear com ela e menos despesas com oficina no fim do mês.

Gostou do conteúdo?

Conheça mais sobre a Ituran! Acompanhe a gente através do Instagramfacebook e Youtube.