Câmbio automático ou automatizado? Conheça as diferenças

Tanto o câmbio automático quanto o automatizado dispensam a embreagem e eliminam a necessidade da troca manual de marchas, no entanto cada um desses sistemas opera de uma maneira específica, influenciando de formas diferentes no desempenho, no valor e na manutenção do veículo.
cambio-automatizado-automatico
Câmbio automático
Os câmbios automáticos podem ter de 3 a 9 velocidades, dependendo das necessidades do veículo. A transmissão de movimento entre o motor e o câmbio se da através de um conversor de torque, e a mudança de marchas é feita por pressão hidráulica, controlada pelo módulo eletrônico e corpo de válvulas.
A principal vantagem desse mecanismo é que ele proporciona mudanças sempre suaves de marcha, porém sua maior complexidade interna pode elevar o valor da manutenção e o consumo de combustível.
Câmbio automatizado
A estrutura do câmbio automatizado se aproxima do modelo mecânico, porém é controlada por módulo eletrônico e atuadores hidráulicos. Geralmente, esse modelo conta com uma ou duas embreagens, que fazem o intermédio da transmissão de movimento do motor.
Por ser menos complexa internamente, a manutenção do câmbio automatizado é mais barata e o consumo de combustível também é menor em comparação com o modelo automático. A desvantagem é que, dependendo da programação da transmissão, a troca de marchas pode gerar solavancos.
Independente do modelo escolhido, o motorista pode contar que ambos os câmbios impedem a sobrecarga do conjunto motriz, aumentam a vida útil dos componentes da transmissão e selecionam a velocidade adequada à cada condições da condução.
 
Já conhece a nossa página no Facebook? Acesse e curta Ituran Brasil!
Estamos no Twitter também: Ituran Brasil!
Ituran – Sempre com você
Imagem: Shutterstock.

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar