Carro elétrico é mesmo eficaz para reduzir emissões?

Cada vez mais o mundo se preocupa com o aumento da emissão de CO2 no meio ambiente e, apesar de não vermos esses elementos, eles estão presentes no nosso dia a dia, sendo os carros um dos principais poluidores. Para isso acontecer, até 2020 deverão estar circulando pelas ruas da Alemanha 1 milhão de veículos movidos a eletricidade.
nissan-carro-eletrico
O Instituto de Pesquisa de Energia e Meio Ambiente, de Heidelberg, concluiu que o balanço climático dos automóveis movidos a bateria, sob as condições atuais, é “semelhante ao dos veículos com motor a combustão, independentemente do tamanho, ou seja, os carros elétricos podem acabar poluindo como um carro normal. O principal motivo para isso é a transferência do impacto ambiental das ruas para as usinas, pois mais da metade da eletricidade consumida na Alemanha continua sendo gerada a partir de fontes fósseis e poluidoras, como carvão mineral e gás natural.
Outras pesquisas mostram que quem abastece seu carro elétrico com o mix de energia normal da Alemanha tem que percorrer 100 mil quilômetros até ser menos nocivo ao clima do que um automóvel convencional. Por sua vez, quem trafega exclusivamente com eletricidade de fontes renováveis já apresenta impacto climático zero após 30 mil quilômetros.
2
Segundo o Instituto Fraunhofer de Física de Construção, a fabricação de um veículo movido a eletricidade não é um modelo de exemplo de respeito ao meio ambiente, pois a construção de carros elétricos acaba gerando o dobro de emissões de gases do efeito estufa do que a produção de um com motor a combustão.
O principal causador disso é a bateria: o Ifeu calcula que cada quilowatt/hora de capacidade elétrica corresponde à emissão de 125 quilos de CO2. Assim, uma bateria de 22 kW/h, como a utilizada pelo BMW i3, por exemplo, implica emissões de quase três toneladas de dióxido de carbono. Metais e terras raras, como cobre, cobalto e neodímio, estão entre os principais componentes das baterias automotivas. A extração dessas riquezas naturais em países como a China ou a República Democrática do Congo leva danos ambientais sistemáticos com florestas tropicais desmatadas, rios poluídos e solos contaminados.
3
A tecnologia em torno dos carros segue evoluindo, fazendo com que as baterias, que são as maiores poluidoras, sejam trocadas cada vez menos. Cientistas de diferentes universidades também desenvolvem métodos para reciclar baterias usadas. No futuro, todas essas iniciativas podem reduzir a pegada ecológica dos automóveis elétricos, transformando-os numa alternativa verdadeira.
E você, o que acha dos carros elétricos?

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar