Como Escolher o Melhor Óleo para o seu Motor

É comum que, na hora de trocar o óleo lubrificante do motor, muitos motoristas leigos em mecânica se encaminhem até uma oficina ou posto de gasolina para pedir a opinião de profissionais que trabalham nesses lugares. Mas é preciso estar atento: talvez essa não seja a recomendação ideal.
As funções do óleo de motor vão além de apenas lubrificá-lo, mas também dar grande auxílio ao sistema de arrefecimento, dispersar resíduos que possam desgastar peças do motor e também fazer uma troca de calores com cilindros.
oleo-lubrificante
Qual é o melhor óleo?
Para saber se o óleo que você usa é o ideal para o seu motor, ele deve atender, principalmente, a três especificações imprescindíveis. São elas:
– Especificação SAE;
– Especificação API;
– Especificações e normas de fábrica.
Se você não sabe exatamente o que as três especificações acima significam, fique calmo. Explicarei cada uma delas abaixo.
Especificações de Fábrica
Não é raro que motoristas nunca tenham aberto o manual de instruções de seus veículos, muito embora essa deva ser a primeira coisa a ser feita após a aquisição do seu automóvel. Nesse manual constam normas e padrões importantes sobre o carro e o que deve ser usado nele, inclusive óleos lubrificantes.
Preste sempre atenção ao que a montadora de seu veículo indica como óleo ideal. É bem provável que eles saibam o que estão falando!
Especificações SAE
Essa é a especificação de viscosidade regulada pela Society of Automotive Engineers (SAE). Ela é importante porque o nível de viscosidade de cada óleo determina quão resistente o líquido é a escoamentos, e existem dois tipos: os monoviscosos e os multiviscosos.
Para identificar ambos os tipos é só atentar-se às nomenclaturas. O óleo SAE 5W40, por exemplo, quanto com o motor quente é multiviscoso – o que é indicado pelo número 40 após a letra W. Em ordem crescente, quanto maior o número, mais viscoso. (O número 5, porém, indica que ele é flúido quando o motor está frio).
A má utilização dessa especificação pode causar danos como excesso no consumo de combustível e no consumo do próprio óleo de lubrificação.
Especificações API
Essa especificação determina o desempenho do óleo, que é dividido em dois grupos: para motores a combustão e motores a diesel.
Para motores a combustão, a nomenclatura é um S seguido por outra letra, que determina a evolução da qualidade do óleo, indo de A a M. Por ex.: SA, SB, SC, SE, SF, SG, SH, SJ, SL e SM, sendo A o menos qualificado e M o mais qualificado.
Para motores a diesel, a nomenclatura vai de CA a CF, CF-4, CG-4, CH-4, CI-4 e CJ-4, sendo CJ-4 a mais recente.
Seu carro já precisa de uma troca de óleo? Siga nossas dicas e escolha o melhor!

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar