Dicas para conquistar a primeira CNH

A imagem mostra uma pessoa feliz por obter sua primeira CNH

O processo de treinamento para adquirir a primeira CNH exige do futuro condutor, exames de aptidão física e mental. Os resultados destes testes são importantes para indicar se o aspirante a condutor, conseguirá suportar as exigências do dia a dia no trânsito. Estes exames também são responsáveis por avaliar a condição emocional, motora e de visão do indivíduo.

Como funciona a auto escola?

Preenchidos todos os documentos indispensáveis, agora é necessário agendar a biometria em que são: a coleta de impressões digitais, fotografia e assinatura. Esse processo é obrigatório pelo Conselho Nacional de Trânsito, no Detran ou Ciretran (órgão responsável pela aplicação de exames médicos para testar a visão, entre outros processos básicos para o processo de habilitação, e também pela execução da vistoria veicular), a depender da sua cidade. Posteriormente, solicitar a escolha para as categorias A, B ou A e B:

Se aprovado no exame de aptidão, o indivíduo já poderá procurar uma autoescola para o início das aulas teóricas que contarão 45 horas/aula. As disciplinas se concentram em:

  • Legislação de transito – 18 horas/aula
  • Direção defensiva – 16 horas/aula
  • Primeiros socorros – 4 horas/aula
  • Meio ambiente e cidadania – 4 horas/aula
  • Noções de mecânica básica – 3 horas/aula

Depois de concluídas as disciplinas, o próximo passo é passar por uma prova de avaliação referente às aulas teóricas.

Prova teórica para CNH

O número de questões varia de acordo com o estado, sendo 70% dessas questões o número mínimo de acertos para a aprovação.

Prova Prática para CNH

As aulas práticas serão responsáveis pelo preparo do motorista, para que ele saiba como proceder ao se deparar com situações cotidianas no trânsito, como, por exemplo, dirigir em dias de condições climáticas adversas. Também precisará conhecer o funcionamento do veículo, as normas de circulação e conduta e sinalização. Ainda é preciso que o indivíduo entenda a importância do bom comportamento na direção para que a interação com os outros meios de circulação no trânsito seja segura.

Quanto à avaliação, pode variar de departamento para departamento. No geral, para a obtenção da carteira para dirigir carros, é necessário passar por um teste de controle de direção, de embreagem e baliza, considerada o maior desafio da prova prática. Já para a obtenção para tirar carteira para pilotar motos, o requisito é somente realizar o percurso sem apresentar falhas. Para quem não sabe bem o que esperar das provas, o Detran oferece simulados de provas no portal do site.

Fui reprovado no exame para a primeira CNH e agora?

A apreensão por parte dos indivíduos que prestam prova teórica ou prática é muito comum. Dada a situação de ansiedade e tensão, muitos acabam por reprovar ou não demonstram-se aptos naquele momento. O futuro condutor pode ser considerado inapto, física ou psicologicamente, bem como temporariamente inapto, o que significa que no momento ele não se encontra em condições para comandar um veículo.

Para os considerados temporariamente inaptos, é necessário que se reagende o exame, isento de cobrança de nova taxa. Caso a reprovação ocorra na prova teórica ou na prova prática, há a possibilidade de se repetir o teste num prazo de 15 dias e a cada repetição uma nova taxa é cobrada no mesmo valor da primeira. As repetições poderão ser feitas sem um número limite, desde que dentro do prazo de 12 meses iniciados para a obtenção da carteira.

Pré-requisitos

O candidato à obtenção da CNH deverá preencher alguns pré-requisitos: primeiramente a pessoa deve ser alfabetizada, já que a sinalização também utiliza letras e textos; é necessário também que o candidato seja penalmente imputável, ou seja, que ele tem a obrigação de responder pelos seus atos, de ser alguém a quem se possa atribuir responsabilidade por suas ações, no caso específico do trânsito, responder por eventuais infrações cometidas. A quarta exigência é que se faça o cadastro biométrico no DETRAN (Departamento Estadual de Trânsito).

As informações do candidato serão cadastradas no RENACH (Registro Nacional de Condutores Habilitados). Esses passos, no entanto, são simultâneos e não possuem uma ordem específica de cumprimento ou hierarquia entre eles. São todos igualmente indispensáveis.

Um aspecto interessante é que a CNH também é entendida, no artigo 159 do CTB, como um documento de identificação, podendo substituir a identidade. Assim, em posse de sua habilitação, a carteira de identidade não será necessária o tempo todo, já que constarão nela os números dos documentos do condutor, carteira de identidade e CPF (Cadastro de Pessoa Física).

As categorias

A habilitação do motorista pode se dar em 5 categorias, como disposto no artigo 143 do CTB, e a sua realização dependerá do interesse do candidato. As mais comuns são as categorias A e B, nas quais se encaixam motos e carros. Essas categorias estão dispostas da seguinte maneira no CTB:

Categoria A

condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral. Ex.: motocicleta, ciclomotor, motoneta ou triciclo;

Categoria B

condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda 3.500kg e cuja lotação não seja superior a 8 lugares, excluído o do motorista. Ex.: automóvel, caminhonete, camioneta e utilitário;

Categoria C

condutor de veículo motorizado, utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda 3.500kg. Ex.: caminhão;

Categoria D

condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, cuja lotação comporte mais de 8 pessoas, excluído o do motorista. Ex.: microônibus, ônibus;

Categoria E

condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada, tenha 6.000kg ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda 8 lugares. Ex.: veículo com 2 reboques acoplados;

CFC: aulas e exames

O CFC (Centro de Formação de Condutores, também conhecido como “Autoescola”, aonde o futuro motorista deverá ir quando estiver com todos os documentos necessários. O processo de obtenção da CNH é pago e pode ser feito no CFC de sua preferência. Para iniciá-lo, será preciso passar por avaliação psicológica (também conhecida como psicotécnico) e exame de aptidão física e mental (exame médico). O candidato só poderá iniciar as aulas teóricas quando aprovado nos exames.

A formação será dividida em duas partes: primeiro, a formação teórica, com aulas que abordam a legislação de trânsito, o sistema de sinalização e a direção defensiva e primeiros socorros. Depois, as aulas práticas, que serão efetuadas em parte no simulador, em parte com o veículo na rua, nas quais se aprenderá efetivamente a dirigir. É obrigatória a realização de aulas práticas durante o dia e à noite (20%).

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar