Rodízio de pneus: Vale a pena?

Rodizio de pneu

O Rodízio de pneus sempre é uma questão para os motoristas. Aparecem diversas dúvidas como: Vale a pena? Como fazer? Para que serve?   

Esse artigo traz conteúdo para te ajudar a responder todas essas questões e saber tudo o que precisa sobre rotação de pneus.  

O que é Rodízio de pneus?  

O Rodízio de pneus é bem conhecida entre os motoristas e geralmente defendida como uma ótima prática para prolongar a vida útil dos pneus. Porém, nem todos os motoristas concordam com essa estratégia, antigamente ela era unânime, no entanto hoje em dia divide muitas opiniões.  

Essa pratica consiste no revezamento da posição dos pneus do veículo entre os diferentes eixos (o traseiro e dianteiro, não necessariamente precisa incluir o estepe), visando o equilíbrio no desgaste da borracha. 

Caso opte por incluir o estepe no rodízio, é recomendado que utilize ele na dianteira direita e que guarde como estepe o pneu que estava na mesma posição, isso porque normalmente é considerado o que mais se desgasta por cumprir a função da tração dianteira.  

Quando é o melhor momento para fazer o rodízio de pneus?

Antes de pensarmos em qual é o melhor momento para realizar o rodízio de pneus, o ideal é ler atentamente o manual do fabricante, pois é nele que consta informações e as recomendações que podem mudar dependendo do veículo e também do tipo de pneu que você utiliza.  

Depois de entender se esse é o momento ideal, você já pode seguir as instruções da montadora, assim impede problemas e preserva todas as funcionalidades do automóvel.  

Algumas orientações prescritas no manual, indicam que o rodízio seja realizado entre 5.000 km e 10.000 km rodados, porém alguns manuais não informam quantos quilômetros é o ideal, nesses casos, geralmente o rodízio dos pneus deve ser feito entre 5.000 a 8.000 km dependendo do pneu. 

Ao atentar-se ao manual também é possível entender se a própria fabricante do veículo e a fabricante de pneus indicam o rodízio, algumas informam que o ideal é apenas fazer um rodízio entre pneus novos e antigos, ou seja, colocando os dois pneus mais novos nas rodas traseiras, e os dois pneus mais antigos nas rodas da frente, essa ação irá ajudar a tração traseira, e os pneus dianteiros também estarão em bom estado. 

Quais os benefícios de fazer o rodízio de pneus?  

Agora que você já sabe o que é o rodízio de pneus, vamos falar sobre os benefícios de realiza-lo.   

A troca de posição dos quatro pneus, é considerada uma maneira de gerar mais estabilidade para o veículo, pois em teoria ele equilibra os desgastes. Quanto o rodizio é realizado, essa ação evita diferenças relevantes entre os pneus do mesmo eixo, o que ajuda no momento em que o veículo faz uma curva ou freia.  

Isso além de ajudar no desempenho do automóvel, também ajuda com a eficiência dos freios e também facilita ao dirigir.  

Quais as desvantagens de fazer o rodízio de pneus?  

Não são todas as montadoras que recomendam esse tipo de rotação de pneus, algumas apenas indicam a troca entre os pneus antigos e seminovos, por conta disso é tão importante ter acesso ao manual do seu veículo.   

É no manual que consta as informações mais assertivas para manter o seu automóvel em bom estado assegurando sua funcionalidade conforma indicado, além de saber o que fazer nos momentos de imprevistos.  

É necessário realizar o alinhamento e balanceamento após o rodízio de pneus? 

Importância do alinhamento e balanceamento, após a realização do rodízio de pneus.
Faça o alinhamento da direção e o balanceamento das rodas.

Após realizar a rotação dos pneus, é necessário realizar com um profissional de confiança o alinhamento da direção e o balanceamento nas rodas, esse é um procedimento muito importante e que colabora com a manutenção e o bom funcionamento do veículo, ele deve ser realizado por um profissional qualificado e é deve ser necessariamente feito a cada 10 mil quilômetros, independente da rotação ou não dos pneus.  

Outra coisa é verificar a pressão do estepe e também a calibragem do pneu, esses são procedimentos de manutenção extremamente importante e não devem ser negligenciados. 

O seguro veicular cobre problemas com pneu?  

Em geral, as seguradoras podem cobrir danos com as rodas caso o automóvel tenha sofrido algum sinistro previsto na apólice contratada, podendo ser colisão, roubo ou incêndio.  

No entrando existem empresas como a Ituran, que oferece o serviço Ituran com Seguro, onde seu veículo estará coberto em casos de Roubo, Furto ou Incêndio e se no decorrer da vigência surgir algum imprevisto ou situação emergencial, você poderá contar com Assistência 24 horas em todo o Brasil, com até três acionamentos, durante o período de vigência da sua apólice, para os serviços de:   

  • Auxílio guincho  
  • Troca de pneu  
  • Socorro eletromecânico  
  • Auxilio chaveiro  
  • Pane seca   
  • Transporte alternativo.  

Além de tudo isso, você̂ pode contratar alguns serviços adicionais de reparos para evitar dor de cabeça com imprevistos, incluindo o serviço adicional de proteção para buracos, que cobre além dos pneus, danos em rodas e também na suspensão. Lembre-se sempre que é fundamental buscar uma empresa correta e que possui excelentes profissionais para te ajudar quando mais precisar. 

Gostou desse conteúdo?   

Entre em nosso site para saber mais e deixe seu veículo seguro e monitorado pagando muito menos.   

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar