Seguro para carro importado, qual a diferença?

Seguro para carro importado

Não deixe seu carro importado desprotegido! Veja como funciona o seguro veicular e todos os benefícios que ele oferece para os veículos de alto luxo!

De janeiro a dezembro foram vendidas 21.133 novas unidades de carros importados no Brasil. Os números são da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), que reúne 14 marcas, entre elas Porsche e Volvo, que não têm fábricas em território nacional. 

Segundo os dados do IBGE, mais de meio milhão de veículos foram furtados ou roubados no país em 2022. E não é segredo que existem quadrilhas especializada em roubo de carro importado. A ousadia é tanta que chegam a invadir até mesmo concessionárias, como o ocorrido em fevereiro, em Fortaleza.

Mas há também o alto custo em caso de acidente, já que muitas vezes os reparos precisam ser feitos em oficinas especializadas da marca, com mão de obra altamente qualificada pelas próprias montadoras. Ter um seguro para carro importado, portanto, é fundamental para quem não quer abrir mão do luxo, mas tem medo do prejuízo. Mas será que o seguro veicular é igual aos dos carros nacionais? O que muda?

Qual a diferença entre um seguro de carro importado e carro popular?

Basicamente não há diferença entre seguro para carro popular e para carro importado. Há coberturas básicas, completas e opcionais, além de serviços que agregam ainda mais valor à apólice oferecendo muitas vantagens. Dessa forma, um carro importado conta com seguro contra roubo e furto, incêndio, acidentes, para terceiros e para passageiros da mesma forma que qualquer outro veículo.

Como funciona a cotação?

Assim, basicamente a maior diferença entre o seguro para carro importado e para carro popular é a precificação da cobertura. Porém, a cotação é feita levando em conta, basicamente, os mesmos fatores do que em qualquer outro tipo de seguro veicular.

Entre eles estão a idade, sexo e tempo de carteira de habilitação do segurado, região em que reside, relacionamento com a seguradora (se já fez uso do seguro anteriormente), ocorrência de sinistros prévios, inclusão de outros motoristas, e, é claro, tipo, modelo e ano do carro importado. Aliás, nesse quesito, é importante destacar que quanto mais antigo o carro importado, mais alta deverá ser a cotação do seguro. O motivo é simples: as peças são mais difíceis de serem encontradas para reposição.

Por que esse seguro é mais caro?

Então além do valor de mercado que já é bem mais alto do que de um carro popular, esse é justamente um dos motivos pelos quais o seguro do carro importado é mais caro. 

Afinal, de um modo geral, esse é um tipo de automóvel que conta com acessórios diferenciados e tecnologias que podem ainda não existir nos carros nacionais. Isso demanda em peças que geralmente não são encontradas com facilidade e também são bem mais caras do que as comuns. 

Então todas essas dificuldades fazem com que a apólice tenha um valor médio mais alto para os carros importados. Isso sem falar que são veículos altamente visados por criminosos, claro.Em contrapartida, as seguradoras se esforçam para oferecer seguro para carro importado diferenciado, com várias possibilidades de personalização que deixam o serviço ainda mais vantajoso.

Tipos de coberturas

Há vários tipos de coberturas que podem ser contratadas para o carro importado. Veja como funciona cada uma delas.

Roubo e furto

É a cobertura mais simples e costuma incluir também a cobertura contra incêndio. Apesar de o número de carros importados em circulação ser bem menor do que de carros populares, eles são muito visados.

Colisão

É o seguro contra acidentes. No carro importado uma pequena peça pode ser um grande prejuízo, já que os valores de manutenção e reparo costumam ser altos. Nesse caso o seguro cobre as despesas com peças e mão de obra especializada a partir do valor determinado para a franquia.
Vale lembrar que a franquia é a contraparte do segurado, um valor fixo estipulado em apólice com o qual ele deve contribuir em caso de dano parcial. A seguradora então cobre o restante do conserto.

Danos a terceiros

Se o segurado for considerado culpado pelo acidente, essa cobertura garante também os reparos do outro carro envolvido na colisão. 

Ou seja, a apólice garante o ressarcimento das despesas materiais e pessoais de outros envolvidos no acidente, sejam motoristas ou pedestres.

Acidentes pessoais a passageiros (APP)

Esse tipo de cobertura é uma proteção que cobre as despesas médico-hospitalares e indenizações em casos de invalidez do motorista ou passageiros. Se houver morte do motorista ou de passageiro, os valores são repassados para familiares.

Esse tipo de seguro vale a pena?

Apesar de muita gente só perceber a importância de um seguro de carro quando algum imprevisto acontece, essa ainda é uma decisão que deve ser analisada de forma individual. 

Além disso, há várias opções no mercado que podem se ajustar a cada necessidade, como o seguro para terceiros ou o monitoramento veicular.

É o caso do rastreador, que permite uma segurança adicional ao veículo e ainda o seu monitoramento em tempo real diretamente na tela do celular.

Por isso, pesquise e analise bem todas as opções antes de escolher a melhor solução para o seu carro.

Soluções e tecnologia Ituran

Agora imagine ter o seu carro importado dos sonhos roubado, mas conseguir recuperar o veículo? A Ituran conta com uma tecnologia de ponta em rastreador que já permitiu recuperar mais de 100 mil veículos, totalizando cerca de R$4,8 bilhões em patrimônio.

Além disso, você conta com serviços diferenciados para deixar seu seguro ainda mais completo, tudo isso com preços justos que não pesam no bolso.

Venha conhecer mais sobre a Ituran e entender porque já são mais de 2,9 milhões de clientes de apólices só no Brasil!

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar