Seguro veicular: 5 coisas que você precisa saber antes de contratar

Seguro para carro

Precisando de seguro veicular? Não contrate agora: antes, fique por dentro dessas 5 coisas que vão te ajudar a fazer a melhor escolha!

Em 2022, 41 carros foram levados por bandidos por hora no Brasil. De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, foram cerca de 1.000 carros furtados ou roubados por dia no ano passado, um aumento de quase 12% em relação a 2021. O seguro veicular é a única forma de evitar o prejuízo financeiro depois do sinistro.

O estresse, é claro, é inevitável, mesmo se considerarmos que o número de furtos (subtração do veículo sem o uso de violência) foi 18% maior (220 mil) em 2022 do que o de roubos (quando ocorre ameaça e violência). Nessa modalidade de crime, a diferença ficou em 3,5% em relação a 2021.

Mas mesmo a perturbação com o ocorrido pode ser minimizada pelo seguro veicular. Em uma boa seguradora o processo é ágil e eficiente, além de oferecer outras vantagens, já que é possível customizar o seguro para outros tipos de cobertura além de roubo e furto – e ainda contar com vários serviços agregados.Só que para escolher o seguro é preciso ficar atento a determinados fatos que nem sempre são conhecidos do grande público. Por isso, nós separamos 5 deles para te ajudar a escolher o melhor seguro veicular para o seu carro.

Escolha o seguro veicular ideal

As pessoas têm vidas diferentes, por isso o seguro veicular não pode ser igual para todo mundo. Então é muito importante analisar com calma pelo três fatores iniciais:

Conheça os tipos de cobertura

Em algumas seguradoras os pacotes podem ser montados de acordo com as suas necessidades, incluindo e retirando itens e serviços que impactam na cobertura. Porém de um modo geral há, basicamente, 5 tipos de seguro veicular:

  1. Seguro completo ou compreensivo – É a cobertura mais cara, mas também a de maior abrangência. Além de cobrir sinistros de roubo, furto e incêndio, inclui também acidentes de trânsito. É  amais indicada para quem usa bastante o carro diariamente;
  2. Seguro para terceiros – A cobertura inclui também terceiros envolvidos no acidente com o titular do seguro. DEla pode ser contratada de forma complementar a outros tipos de seguro veicular;
  3. Seguro garantia mecânica – Cobre o reparo de câmbio e motor em caso de avaria ou pane. É bastante indicado para carros seminovos ou usados, que estão mais sujeitos a este tipo de problema;
  4. Seguro para passageiros – Nesse caso, os passageiros que estiverem no veículo na hora do acidente também estão protegidos pelo seguro veicular;
  5. Seguro contra roubo, furto e incêndio – É o mais simples, a cobertura funciona apenas para sinistros desses casos.

Todos os tipos de seguro veicular podem contar com alguns serviços extras, como assistência 24 horas, reboque, chaveiro, carro extra e até mesmo para a residência.

O que ele cobre?

Leia muito atentamente o que diz o contrato sobre cada cobertura específica. Por mais chato que possa parecer, é extremamente necessário entender não só as coberturas, mas também as condições para que ela seja efetivada. Atenção, especialmente, em pequenos detalhes. Em caso de dúvida ou de não entender algum dos termos mais específicos, não tenha vergonha de perguntar ao corretor. Só assine depois que tiver certeza de que está de acordo com todas as cláusulas do seguro veicular.

Conheça suas necessidades como motorista

O seguro veicular de uma pessoa pode não ser o mais indicado para outra. Portanto, é muito importante analisar bem suas reais necessidades como motorista. Você precisa do carro todos os dias? Mais alguém costuma dirigir além de você? Há garagem ou ele dorme na rua? Qual a quilometragem média que costuma fazer mensalmente?

Essas respostas vão te ajudar a entender qual o tipo de cobertura que você precisa. Aliás, a própria seguradora vai pedir um perfil de motorista do segurado, justamente para que fazer uma análise de risco. Por isso, todas devem ser respondidas de forma honesta e sincera.

Faça diversas cotações

Seguro veicular

Há muitas empresas de seguro veicular no mercado, então quanto mais cotações você fizer, maiores as chances de fazer uma boa negociação. E nunca foi tão fácil, já que você pode fazer tudo online. Basta preencher alguns dados para receber a resposta ou o contato de um corretor especializado. O corretor, aliás, é seu melhor amigo nessas horas. Converse com ele, explique suas necessidades como motorista e a sua disponibilidade financeira. Afinal, não adianta fazer um seguro veicular caríssimo e não conseguir pagar as mensalidades.

Confira o que compõe o valor do seguro

É muito importante também que você entenda como a seguradora chega ao valor do seu seguro. Ele é formado pela análise de vários fatores – inclusive o seu perfil de motorista.

Geralmente o seguro é mais caro para os jovens, que têm menos experiência ao volante, do que para as pessoas mais velhas. 

Mas não adianta pedir para o seguro ficar em nome de seu pai, por exemplo, se é você que dirige o carro: a seguradora pode entender como fraude e você perde o direito à indenização. Lembre-se que quando o sinistro ocorre, todas as informações são checadas minuciosamente.

Outros fatores, como a inclusão de mais motoristas, a localidade, o sexo, a quilometragem do veículo, etc. também compõem o valor do seguro veicular. E você pode ter um bom desconto se não tiver se envolvido em acidentes, tiver um bom tempo de carteira, o carro dormir em garagem, praticar direção defensiva ou tiver tido uma boa relação com as seguradoras anteriormente, por exemplo.

Franquia de confiança

A franquia é um ponto muito importante que você deve conhecer bem no seguro veicular. Ela é um valor mínimo que deve ser pago pelo segurado quando ocorre um dano parcial ao veículo e o seguro é acionado.

Esse valor é fixo e definido na apólice. Então se a franquia é de R$700 e o conserto do carro está estimado em R$3 mil, a seguradora vai pagar R$2.300 e você os R$700 da franquia.

Porém atenção: essa franquia só é cobrada em casos de dano parcial. Quando há perda total, danos a terceiros ou serviços 24 horas ela não é exigida.

Além disso, você pode escolher entre três tipos de franquia:

  • Franquia ampliada – Tem o valor mais alto do que o estipulado pela seguradora inicialmente, porém o valor do seguro veicular fica mais baixo;
  • Franquia reduzida – Tem o valor mais baixo, mas o valor do seguro fica mais alto;
  • Franquia normal – É o valor estipulado pela seguradora.

Quanto mais baixa a franquia, mais os reparos passam a valer a pena. Mas quando você não aciona o seguro o ano inteiro, ganha desconto na hora da renovação. Então pense bem na hora da escolha.

Soluções e tecnologia Ituran

A escolha da empresa é muito importante, então não deixe de pesquisar muito e analisar tudo o que ela oferece para a proteção do seu veículo.

A Ituran é pioneira e líder no rastreamento com seguro veicular: já são mais de 110 mil veículos recuperados, totalizando cerca de R$4,8 bilhões em patrimônios. 

Além disso, a multinacional israelense já tem mais de 23 anos de mercado, com mais de 2,9 milhões de apólices emitidas só no Brasil. 

Além disso, você ainda conta com vários serviços opcionais, como assistência carro reserva, seguro autopeças, seguro conteúdo, proteção para buracos e muitos outros.

Venha conhecer a Ituran e descubra o seguro veicular perfeito para as suas necessidades sem pesar no bolso!

ituran-logo-mobile-svg

Por : Ituran Brasil

Você também pode gostar